doidera

Tudo começou quando assisti uma apresentação de Eva Yerbabuena no Teatro Municipal. Fiquei vidrada com a dança e o som da guitarra. Chorei! Muito!

Depois desse show que marcou minha vida conheci o som de Camarón - um dos ícones deste tipo de música. A Cássia Eller era super fã dele... descobri isso no mesmo pacote (adoro andar com gente inteligente e bem informada).

Em SPS conheci Los Chunguitos que nada tem de flamenco, mas um amigo gravou as músicas desse grupo num CD e aproveitou para colocar umas do Camarón (o universo está conspirando...). ADOREI de novo. Sou meio intensa (meio??? hahahahaha) e fui me identificando com o som.

Sabe quando você não está procurando nada, mas encontra exatamente o que deseja. Então... achei na Saraiva do Morumbi o cd "Flamenco: The essencial guide". PQP! Muito bom! São três CDs incríveis. Na boa... fiquei com vontade de colocar aquela roupitcha linda e sair bailando por aí. Qual é Pri? Tomou algum chá estranho? Não. Só erva cidreira que é ótima para acalmar os nervos.

Como uma quase gringa que até bem pouco tempo não dançava nada (eu disse NADA) e agora samba com um pé só vai cogitar a possibilidade de dançar flamenco??? Hein? Tá louca? Surtou? Fala sério! Já nasci surtada. Surtadinha pelo menos. É claro que não tenho a menor condição de coordenar mãos e pés e ainda fazer cara de lamento, mas posso imaginar. Rá! Foi o que fiz. Sou a Eva Yerbabuena nacional. Prometo um show privê para os mais chegados e interessados, ok?

Então a nova onda da Pri é essa... estudando espanhol sozinha (ainda não sei como estou fazendo isso, mas garanto que o empenho é forte), escutando música flamenca, revendo Vicky, Cristina, Barcelona... Tô tão espanhola... gente! O que há??

Será que vou arrumar um espanhol safado na minha vida (safado não, please! sapeca é melhor)? São vibrações, hein??? O universo conspira... tenho que ficar preparada!

Para quem se interessou por essa tranqueira toda:

Flamenco: the essencial guide

Eva Yerbabuena

Eva Yerbabuena 2

Flamenco - Wikipedia

Já ia esquecendo... minha amiga Su costuma assistir uns shows (que uma amiga dela faz) num restaurante espanhol em Sampa. Na próxima viagem iremos comer paella e assistir a dança. Mais um ponto para São Paulo! Uhuuuuuuuuuuu!

3 comentários:

Atitude...substantivo feminino. disse...

Volare ôô
Cantarê ôôôô
De tu
Me pinto di Blu
Te gusta mi espanhol?

Tienes que dançar mais chica!!!

Los Chonguitos forever!

Fouad Talal disse...

Nossinhora!
Essa Eva eu dexo pisá e sapatear em cima de mim o quanto quiser...

Bjo!

Mulher: macho da relação disse...

O show dela é incrível mesmo. E a interpretação, a intensidade... muito lindo!!! A música tb ajuda a criar o clima.

Vou te falar... tb deixo o dançarino dela (era um espécie de Javier Baden)me pisotear hahahahaha

beijão