Coelhinho?

Por acaso alguém tá no clima da Páscoa??? Nem um pouco comovida. Aquele monte de chocolate pendurado no teto das Lojas Americanas provoca uma depressão profunda no meu espírito. Não sou fã de chocolate. Tenho vontades muito esporádicas (mais ou menos iguais as que sinto por sorvete). Morro sem comer isso, na boa!
Tô cansada. Quero comprar um shampoo e a caixa das LA já oferecem toneladas de opções de chocolate - ovos, bombons, coelhinhos, balas... que desgosto!
Tô fora esse ano. Na verdade nunca estive dentro. Quando tinha 6 anos causei uma baita decepção no meu pai, pois ele chegou em casa com um grande ovo de Páscoa. Detalhe importantíssimo: chocolate branco. ODEIO chocolate branco. A doce surpresa ficou na geladeira até acabar a validade. E o papy, tadinho, todo triste de ter errado. Fazer o que? As crianças são sinceras. Depois disso ele nunca mais compro doces. Preferia perguntar o que eu preferia ou dar um dinheirinho. Bem melhor!

E o significado religioso? Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Passei longe. Só sei que sexta é dia da Paixão de Cristo e domingo é a Páscoa propriamente. O resto... é aproveitar o feriado. Que por sinal será ótimo esse ano. Vou para BH curtir a família e a criançada (e coloca criança nisso... é uma creche superlotada).

Se a Páscoa é celebração com a família... tô no caminho certo.

















OBS: Iva, não precisa cancelar a minha lembrança, tá? Afinal de contas vc gastou tempo e dinheiro... Posso perfeitamente conviver com isso, ok? A1 isso vale pra você também, tá?

1 comentários:

Atitude...substantivo feminino. disse...

Menina ri muito...
Hahahaahahaaaaahhhhaaaa
E sabia que os ovos pendurados caem na cabeça das pessoas? Caíram no Leblon! (alguém disse bem feito? Hã?) Que horror..não vou pro céu.. mas voltando...
um barato este post...principalmente a parte do dinheirinho. Não é menina? Pergunta idiota que pai faz! O que vc quer minha filha um ovo ou um dinheiro no envelope? Eu também sempre pedi o dinheirinho..até no natal. Uma vez pedi um coelho. Mas fui vetada. Traumatizei.
B-Jou amiga! Tô indo pra aula!